Usiminas reconhece impairment de unidades de R$ 1,6 bi

Os valores são relativos à unidade de mineração, de R$ 1,2 bi; siderurgia,com R$ 357,2 mi; e na área Transformação do Aço, de R$ 56,7 mi

São Paulo – A Usiminas, pouco antes de divulgar o balanço do quarto trimestre de 2015 e do exercício anual, informou ao mercado que reconheceu redução do valor contábil de ativos, ou seja, impairment, em algumas unidades, no total de R$ 1,6 bilhão no trimestre.

Os valores são relativos à unidade de mineração, de R$ 1,2 bilhão; siderurgia, principalmente nas coquerias de Cubatão, de R$ 357,2 milhões; e na área Transformação do Aço, de R$ 56,7 milhões.

O Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, havia antecipado que a companhia poderia realizar no balanço uma baixa de ativos na unidade de mineração.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s