Volks não fala sobre possíveis efeitos de fraude no País

No comunicado, a Volkswagen informa que 11 mi de seus automóveis a diesel das linhas Passat, Jetta, Golf e Beetle em todo o mundo estão equipados com o software

São Paulo – A Volkswagen no Brasil não irá se pronunciar acerca dos possíveis efeitos no País da fraude em testes sobre emissões de gases do efeito estuda descoberta nos Estados Unidos.

Por meio da assessoria de imprensa da filial brasileira, a montadora alemã apenas reforçou posicionamento mundial da marca em que reconhece a instalação irregular do software que altera os motores para torná-los mais eficientes durante testes de emissões de gases e pede desculpas pelo erro.

No comunicado, a Volkswagen informa que 11 milhões de seus automóveis a diesel das linhas Passat, Jetta, Golf e Beetle em todo o mundo estão equipados com o software.

No Brasil, contudo, esses veículos são movidos a gasolina ou a etanol. O único veículo a diesel da marca no País é a caminhionete Amarok, que não está na lista de automóveis da marca que possuem o equipamento. O modelo é importado da Argentina.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s