Walmart vai parar de vender fuzis e outras armas nos EUA

O maior vendedor de armas nos EUA diz que a decisão é somente comercial e se baseia na fraca demanda por esse tipo de armamento

São Paulo – O Walmart informou hoje que vai parar de vender armas semiautomáticas em suas lojas nos Estados Unidos.

O maior vendedor de armas e munições americano diz que a decisão é somente comercial e se baseia na fraca demanda por esse armamento, de acordo com o The Wall Street Journal.

A medida atinge equipamentos como o fuzil AR-15 e outras armas de assalto, vendidas em menos de um terço das mais de 4.500 lojas da rede nos EUA.

Esse tipo de armamento costuma ser usado em ataques e assassinatos em massa.

A rede encerra as vendas desses produtos em meio a um debate no país sobre o porte de armas e no mesmo dia em que uma repórter e um cinegrafista foram assassinados a tiros durante uma transmissão ao vivo.

O porta-voz da empresa, Kory Lundberg, disse que o Walmart, maior varejista do mundo, vai se concentrar na venda de armas de caça e de esporte, segundo a mesma reportagem.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s