5 regras do Feng Shui para atingir a harmonia na sua empresa

Se você enfrenta desafios dentro do seu negócio e não vê saída, talvez seja preciso receber ajuda da filosofia oriental

São Paulo – Problemas financeiros, dificuldade em se relacionar com os sócios e funcionários, sensação diária de cansaço e problemas de crescimento. Se você passa por algum desses obstáculos para a prosperidade dentro do seu negócio e nenhum tipo de planejamento parece resolver a situação, talvez seja necessária a ajuda de uma filosofia oriental: o Feng Shui.

O objetivo do Feng Shui é obter a harmonização de espaços e de pessoas. Com mais de quatro mil anos de história, a filosofia surgiu na China e chegou ao Ocidente há pouco mais de 40 anos, conta Silvana Occhialini, fundadora do Instituto Brasileiro de Feng Shui e autora do livro “Feng Shui – O poder de atrair harmonia e prosperidade”.

“O Feng Shui foi passado para as pessoas de uma forma muito simplista e passou a ser tratado de forma bastante limitada aqui no Brasil. Não há um entendimento de que é uma prática que leva anos de estudo”, conta Silvana. “Isso vem sendo modificado, pouco a pouco. Muitas empresas já usam esse trabalho para poder expandir, aumentar vendas, satisfazer clientes e melhorar relacionamentos. Enfim, ter prosperidade.”

A especialista afirma que cada tipo de negócio pede um tipo de organização (por exemplo, há diferenças entre a arrumação de uma loja e de uma oficina mecânica). Porém, alguns fundamentos do Feng Shui são aplicáveis para qualquer ambiente profissional. Veja, a seguir, cinco regras dessa filosofia para você finalmente encontrar a harmonia no seu negócio:

1. Deixe a energia vital circular na sua empresa

Uma regra fundamental do Feng Shui é que a energia vital (ou “chi”) precisa circular dentro de qualquer espaço. Quando você compra um imóvel que tem um poste ou uma grande árvore logo na frente da entrada, está criando um obstáculo para que essa energia consiga fluir. “Se isso acontece, já sei que esse negócio está indo mal ou irá mal no futuro. Então, sugiro que um lugar assim não seja alugado”, afirma Silvana.

Essa regra vale também para as portas dentro da sua empresa: assim que você entra no espaço, também não é recomendado colocar uma parede na frente. Como o visitante é obrigado a desviar para um dos lados, a energia vital também tem sua circulação limitada. “Na entrada principal é pior, mas é ruim em qualquer entrada de espaço”, diz a especialista.

2. Nada de ficar de costas para a janela

A luz vinda da janela bate nas suas costas? Caso a resposta seja afirmativa, é hora de reposicionar sua mesa de trabalho. “Se eu for a uma empresa na qual o presidente está sentado de costas para a janela, ele atrai que ações aconteçam por trás dele. Ele será enganado e, consequentemente, a empresa irá mal.”

3. Você é o chefe? Posicione-se como um

Segundo Silvana, o diretor de uma equipe jamais deve ficar em uma posição onde não consiga zelar por todos os seus funcionários. Ou seja: nada de ficar na entrada do negócio ou então no meio dos funcionários. “Ele deve ter uma posição privilegiada, ficando sempre na parede mais ao fundo do escritório. Isso faz com que esse empreendedor comande com mais facilidade a equipe, trazendo benefícios. No seu espaço, você é o comandante.”

4. Papéis confusos, mente confusa

Saiba que arrumar os documentos da empresa é mais do que preocupação de pessoas perfeccionistas. Em um espaço onde há confusão de papéis, normalmente as pessoas também possuem mentes confusas, explica Silvana. “Elas terão dificuldade em focar, em estarem atentas. Você deve prezar pela organização e pela limpeza para atrair harmonia e prosperidade.”

5. Ventile, ilumine, renove

Uma regra fundamental do Feng Shui é tratar o espaço como um corpo vivo, que responde ao que acontece dentro dele. É por isso que você precisa promover a circulação de energia vital, citada anteriormente. Além disso, é preciso que haja ventilação e iluminação nesse local.

“Já pensou o que é trabalhar todos os dias com as janelas fechadas e com ar-condicionado? É como a maioria dos funcionários em grandes empresas trabalha. Eles respiram um ar já viciado, sem energia nem vitalidade. Como ter vontade para trabalhar desse jeito?”, questiona Silvana.

Por isso, abra as janelas do seu negócio e tenha várias plantas no espaço de trabalho, já que elas também possuem energia vital e trarão renovação do ambiente – portanto, harmonia e prosperidade.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s