Na contramão da crise, setor de franquias cresce 11,2%

Todos os segmentos de franquias cresceram no 2º trimestre de 2015, com destaque para esporte, saúde, beleza e lazer, que tiveram aumento de 35% no faturamento.

São Paulo – Enquanto a economia do país sofre com a crise, o setor de franquias ainda cresce. Dados divulgados nesta quarta-feira pela ABF (Associação Brasileira de Franchising) mostram que o segmento cresceu 11,2% no primeiro semestre de 2015, em comparação com o mesmo período do ano passado.

O faturamento do franchising no período foi de R$ 63,8 bilhões, contra R$ 57,4 bilhões registrados no primeiro semestre de 2014. Já o segundo trimestre do ano teve crescimento de 13,1% em relação ao mesmo período do ano passado, com a receita subindo de R$ 28,7 bilhões para R$ 32,5 bilhões.

Segundo a ABF, a análise dos dados deve levar em conta o baixo crescimento do setor no segundo trimestre do ano passado, em parte devido à Copa do Mundo. Mesmo assim, a entidade entende que as franquias têm sido menos afetadas pela crise.

“O franchising está sofrendo menos do que as outras indústrias e quem é empreendedor em franquias sente menos os efeitos da retração econômica do que o empreendedor individual, que não atua em rede”, afirma a presidente da ABF, Cristina Franco.

Todos os segmentos de franquias cresceram no período, com destaque para as redes de esporte, saúde, beleza e lazer, que tiveram um aumento de 35% no faturamento do segundo trimestre. 

Veja na tabela abaixo os dados de faturamento do setor para o período: 

Segmento 2º trimestre de 2014 2º trimestre de 2015 Variação 2014-2015 (%)
Esporte, Saúde, Beleza e Lazer R$ 4,253 bilhões R$ 5,737 bilhões 35%
Hotelaria e Turismo R$ 2,059 bilhões R$ 2,473 bilhões 20%
Veículos R$ 1,123 bilhões R$ 1,271 bilhões 13%
Comunicação, Informática e Eletrônicos R$ 868 milhões R$ 956 milhões 10%
Alimentação R$ 5,748 bilhões R$ 6,280 bilhões 9%
Acessórios pessoais e Calçados R$ 2,194 bilhões R$ 2,385 bilhões 9%
Negócios, Serviços e Outros Varejos R$ 6,285 bilhões R$ 6,862 bilhões 9%

Apesar do crescimento no faturamento, o ritmo do aumento no número de pontos de venda tem caído. Os dados da ABF mostram um crescimento de 1,9% de unidades franqueadas no segundo trimestre do ano. No primeiro trimestre, esse aumento foi de 2,5%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s