Por que devo investir na qualificação dos meus funcionários?

O contato do cliente com a empresa é uma propagação daquilo que os funcionários vivenciam. Sem capacitação, as consequências podem ser desastrosas.

Por que devo investir na qualificação dos meus funcionários?
Escrito por Sílvio Celestino, sócio-fundador da Alliance Coaching

Cada contato do cliente com a empresa cria ou destrói valor para a marca. Os funcionários são os principais responsáveis por essa experiência. Ela é uma propagação daquilo que vivenciam. Por essa razão, se não estiverem preparados, as consequências podem ser desastrosas pelo mau atendimento, serviços e produtos realizados sem excelência, e que causam a repulsa do consumidor, reclamações e prejuízos.

Na raiz desse problema está o despreparo de líderes e colaboradores. Por essa razão, a única maneira de a empresa assegurar que seus produtos e serviços cheguem ao cliente com excelência, e que seus funcionários se comportem apropriadamente, é por meio da qualificação deles.

Em primeiro lugar, é importante o empreendedor compreender que nenhum treinamento para o funcionário é superior ao exemplo do líder. Ou seja, não adianta treiná-los em como ouvir os clientes, se o gerente não ouvir seus colaboradores. Portanto, para a empresa, tão importante quanto um conjunto de treinamentos, que preparem e atualizem os funcionários em suas atribuições técnicas, é ter ações que qualifiquem seus líderes continuamente.

Além disso, não há treinamento que compense uma contratação malfeita. O empreendedor deve admitir pessoas que tenham competência não apenas para a tarefa atual, mas também para ser desenvolvidas e assumir responsabilidades futuras. Especialmente para se tornarem líderes no longo prazo.

A principal maneira de uma empresa se destacar em mercados cada vez mais competitivos é ter pessoas bem qualificadas, que façam a diferença na hora de produzir e atender os clientes, com produtos e serviços de qualidade. Profissionais bem treinados e desenvolvidos por bons líderes são capazes de compreender o negócio da empresa e alertá-la sobre as oportunidades e os riscos que ocorrem a todo instante.

O empreendedor deve ter consciência de que o maior risco que corre não é treinar seus profissionais e esses deixarem a empresa. Mas não os qualificar e eles ficarem.

Silvio Celestino é autor do livro Conversa de Elevador – Uma Fórmula de Sucesso para sua Carreira e sócio-fundador da Alliance Coaching.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s