CMN reduz requerimento de capital em financiamento de imóvel

O Conselho Monetário Nacional aprovou norma que reduzirá o requerimento de capital em alguns financiamentos imobiliários

Brasília – O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou norma que reduzirá o requerimento de capital em alguns financiamentos imobiliários.

Atualmente, em empréstimos em que no ato da contratação é financiado até 80%, o requerimento de capital é de 35% do valor financiado.

Quando o montante emprestado é acima de 80%, o requerimento de capital é de 75% a 100% por todo o período do financiamento.

Com a nova norma, o CMN permite que o requerimento de capital caia para 35% quando o saldo devedor for igual ou menor a 80% do valor do empréstimo no ato da contratação.

De acordo com o Banco Central, a ideia é que o tratamento seja simétrico em casos em que a dívida é semelhante.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s