Geração Y cuida melhor do dinheiro do que você imagina

A geração Y se diverte mais com menos dinheiro e prefere pagar à vista a usar o cartão de crédito

São Paulo – Eles fazem mais acontecer com menos dinheiro. Preferem pagar à vista a usar o cartão de crédito. Só gastam mais do que a geração anterior com café e fast food. Não querem correr muitos riscos com investimentos. Esses são os hábitos financeiros da geração Y, que hoje compreende pessoas entre 18 e 34 anos.

Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos pelo TD Bank, um dos dez maiores bancos do país, revelou que  essa geração sabe aproveitar a vida sem sair quebrada.

Em média, um millenial – como também é chamado alguém que faz parte da geração Y – gasta 19% menos dinheiro do que um consumidor médio norte-americano, 27% menos do que alguém da geração X (entre 35 e 50 anos) e 23% menos que um baby boomer, filho do pós-guerra.

Os millenials também gastam menos com lazer, apesar de saírem para se divertir duas vezes mais do que a geração X e três vezes mais do que os baby boomers. Mas se alimentam mais de cafeína e fast food, as únicas categorias da pesquisa em que eles demonstraram gastar mais.

O cartão de crédito não é mais a forma de pagamento preferida dessa geração, que gasta 22% menos no cartão do que a média dos americanos. Em vez de ter dívidas a pagar, eles preferem usar o débito, os cheques ou mesmo dinheiro vivo. Quase 40% dos millenials entrevistados nos Estados Unidos nem sequer tinham um cartão de crédito.

Para realizar a pesquisa, o TD Bank entrevistou 1.500 consumidores millenials nos Estados Unidos, durante o mês de abril.

Ainda que a pesquisa mostre que os americanos da geração Y gastam menos do que de outras, ela pode não ser tão conclusiva pois não considera o fato de que talvez os millenials também ganhem menos, o que pode explicar as despesas menores.

Conservadores

Os millenials são mais conservadores na hora de investir em aplicações do que seus pais, como mostrou outra pesquisa, realizada pela corretora UBS Wealth Management Americas, nos Estados Unidos.

Os jovens investidores estão indo contra o velho conselho de planejadores financeiros de colocar dinheiro em investimentos mais arriscados no início, para depois migrar para aplicações mais conservadoras à medida que a aposentadoria se aproxima.

Os millenials investem para realizar objetivos de curto prazo e, diferente dos seus pais ou avós, não estão preocupados em construir riqueza para o futuro. Essa, talvez, seja uma das principais críticas que especialistas em finanças têm em relação à essa geração.

Em vez de comprar, viver experiências

Mais do que comprar um carro, por exemplo, os millenials estão interessados em gastar seu dinheiro com experiências, como mostrou uma pesquisa realizada no ano passado pela plataforma norte-americana Eventbrite.

Ao serem perguntados sobre o que escolheriam fazer se tivessem dinheiro, três em cada quatro millennials responderam que preferem ter uma experiência como um show ou uma atividade física a comprar um bem. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s