Juro alto eleva rentabilidade dos fundos de pensão em 2016

O segmento encerrou o semestre com 72% dos ativos aplicados em renda fixa, como títulos do governo, que têm proporcionado maior rentabilidade

Florianópolis – Os fundos de pensão fechados fecharam junho com ativos totais de 763 bilhões de reais, o que representou um crescimento de 13,3 por cento em 12 meses, refletindo maior rentabilidade com aplicações em ativos de renda fixa, informou nesta segunda-feira a Abrapp, entidade que representa o setor.

O segmento, que reúne instituições como Previ, dos funcionários do Banco do Brasil, Petros (dos empregados da Petrobras), e Funcef (da Caixa Econômica Federal), encerrou o semestre com 72 por cento dos ativos aplicados em renda fixa, como títulos do governo, que têm proporcionado maior rentabilidade, dado que a taxa básica de juros do país está em 14,25 por cento ao ano.

O resultado ocorre depois que os fundos tiveram fortes perdas nos últimos anos com investimentos fracassados em empresas de infraestrutura, do setor imobiliário e de óleo e gás.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s