Selic fica nos 14,25%; veja quanto R$ 1 mil rendem hoje

Copom mantém Selic aos 14,25%; compare o retorno da poupança e de outras aplicações de renda fixa no atual patamar da taxa

São Paulo – A taxa Selic será mantida aos 14,25% ao ano, conforme anunciou o Comitê de Política Monetária (Copom) nesta quarta-feira (21). Sem mudanças na taxa básica de juros, que desde 02 de setembro está nesse mesmo patamar, as aplicações de renda fixa mais conservadoras do mercado, que têm seu rendimento atrelado à Selic continuam superando a poupança com folga.

A manutenção da taxa básica de juros ficou em linha com as expectativas de economistas e instituições financeiras, que acreditam que a taxa pode ficar nos 14,25% até meados de 2016, diante das expectativas de desaceleração da inflação no ano que vem.

A taxa básica é usada como instrumento de controle da inflação porque quanto maior a Selic for, mais caro é o custo do crédito – e do dinheiro, de forma geral-, o que inibe o consumo e a demanda por produtos. Assim, quando a taxa é mantida em um patamar mais elevado, a oferta e a demanda tendem a ficar mais equilibradas, reduzindo a pressão sobre os preços.

Para mostrar como a poupança está desvantajosa em relação a outros investimentos que acompanham a taxa Selic, EXAME.com simulou quanto renderiam mil reais na caderneta e em três investimentos que seguem o comportamento dos juros básicos: os CDBs pós-fixados, os fundos DI e o Tesouro Selic, título público, negociado pelo Tesouro Direto, que paga ao investidor a variação da taxa Selic. 

Veja na tabela abaixo os resultados:

Período Poupança* CDB 90% do CDI Fundo DI com taxa de 1% a.a. Tesouro Selic
6 meses R$ 1.035,93 R$ 1.047,91 R$ 1.049,50 R$ 1.052,15
12 meses R$ 1.073,14 R$ 1.101,96 R$ 1.105,96 R$ 1.111,29
18 meses R$ 1.111,70 R$ 1.162,65 R$ 1.170,02 R$ 1.178,01
24 meses R$ 1.151,64 R$ 1.223,70 R$ 1.235,22 R$ 1.245,51
30 meses R$ 1.193,01 R$ 1.297,27 R$ 1.314,42 R$ 1.327,17

(*) Para o cálculo da poupança, foi considerada uma Taxa Referencial (TR) de 0,13% ao mês, que foi a TR mensal verificada a partir da TR média dos últimos 12 meses (de 1,54%), de acordo com a Calculadora do Cidadão do Banco Central.

(**) Foi considerado o investimento por meio de corretoras que não cobram taxa de administração para aplicações no Tesouro Direto.

As rentabilidades da tabela já são apresentadas com o desconto do Imposto de Renda, que é cobrado em todas as aplicações listadas, à exceção da poupança.

Na simulação, foi considerado que a taxa DI seria igual à taxa Selic, já que ambas costumam ter comportamentos semelhantes. Nos últimos 12 meses, por exemplo, a taxa DI acumulada foi de 12,69%, enquanto a Selic acumulada no mesmo período foi de 12,73%.

Isso significa que os CDBs e fundos DI, ambos investimentos que acompanham a taxa DI, podem ter uma rentabilidade um pouco diferente da simulada na tabela. Já a rentabilidade do Tesouro Selic é a própria taxa Selic.

Resultados

Conforme mostra a simulação, mesmo em um prazo de até seis meses, quando a alíquota de IR é a mais alta, de 22,5%, todas as aplicações relacionadas na tabela têm rendimento superior ao da poupança.

De acordo com a tabela regressiva do IR, aplicações feitas em até 180 dias são tributadas à alíquota de 22,5%; de 181 dias a 360 dias o imposto cai para 20%; de 361 a 720 dias vai para 17,5%; e acima de 721 dias é aplicada a menor alíquota, de 15%. 

Os CDBs, fundos DI e Tesouro Selic ficam mais rentáveis conforme a taxa Selic sobe pois essas aplicações remuneram os investidores de acordo com a variação da taxa básica de juros e com a taxa DI. Já o rendimento da poupança parou de acompanhar a taxa quando ela passou dos 8,5% ao ano.

De acordo com a nova regra da caderneta, a poupança rende 70% da taxa Selic mais a Taxa Referencial (TR) quando a Selic é menor ou igual a 8,5% ao ano. Quando a taxa passa de 8,5%, ela paga sempre 0,5% ao mês mais a TR, a mesma remuneração da regra antiga.

Entenda como é calculada a Taxa Referencial, que influencia o rendimento da poupança.

O que mantém outros investimentos à frente da poupança

Algumas condições são necessárias para que as aplicações da tabela sejam mais rentáveis do que a poupança.

No caso dos CDBs, para que o rendimento seja superior ao da poupança em qualquer prazo, eles devem pagar pelo menos 69% do CDI. Apenas se a remuneração oferecida pelo banco for menor do que essa, compensa mais investir na caderneta. 

Já os fundos DI, caso rendam 100% da taxa DI, deixam de ser mais vantajosos do que a poupança apenas se tiverem taxa de administração superior a 4,1% ao ano. Ainda que esses fundos precisem praticar taxas altíssimas para perder da poupança, muitos deles conseguem apresentar rentabilidades inferiores à da caderneta.

Para que o Tesouro Selic seja mais vantajoso do que a poupança em qualquer prazo, a taxa de administração cobrada pela corretora ou banco não pode ser maior que 3,8% ao ano.

No entanto, o percentual máximo que pode ser cobrado pelas instituições financeiras na compra de títulos públicos pelo Tesouro Direto é de 2% ao ano. Algumas corretoras chegam a isentar o investidor dessa taxa e a maioria cobra uma taxa de até 0,30% (veja o ranking das taxas cobradas por cada corretora).

Além da taxa de administração, que varia conforme a corretora escolhida, vale lembrar que o investidor paga uma taxa fixa de 0,30% ao ano para custódia dos títulos na BM&FBovespa.

Veja, no vídeo a seguir, como a taxa Selic é definida:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s