35% dos idosos já usam redes sociais nos EUA

De acordo com pesquisa, subiu de 2% para 35% o número de pessoas com mais de 65 anos que usam sites como o Facebook e o Twitter

São Paulo – A proporção de pessoas com mais de 65 anos que usa redes sociais nos Estados Unidos subiu de 2% em 2005 para 35% em 2015, segundo o Pew Research Center. Apesar do crescimento de mais de 17 vezes na última década, os idosos ainda são a faixa etária com menor proporção de usuários de sites como Facebook e Twitter.

Os idosos têm apresentado a curva de crescimento mais intensa dos últimos cinco anos. Apenas no último ano, a porção de idosos usando redes sociais cresceu 8 pontos percentuais – entre os mais jovens, o crescimento foi de 6 pontos percentuais.

De acordo com o estudo, 65% dos adultos norte-americanos estão conectados às redes, em 2005 eram apenas 7%. Os mais jovens, entre 19 e 29 anos, ainda dominam esse espaço, com 90% dessa população usando redes sociais. Entre pessoas de 30 a 49 anos, a proporção é de 77%. Pouco mais da metade (51%) de pessoas entre 50 e 64 anos também usam redes sociais.

A popularidade desses meios de comunicação, entretanto, não é tão uniforme e democrática. O sucesso dessas ferramentas varia de acordo com idade, grau de escolaridade e condições socio-econômicas da população.

Quem estuda mais, navega mais

Quando se trata de grau de escolaridade, aqueles que estudaram mais têm maior número de adeptos das redes. A porcentagem é próxima entre os que se formaram na faculdade e os não concluíram o curso, 76% e 70% respectivamente.

Dentre os que estudaram até o Ensino Médio os números são menores, apenas 54%.

Dinheiro faz diferença

A pesquisa constatou ainda que aqueles que têm renda familiar maior, são mais propensos a utilizarem redes sociais do que os de menor renda.

Entre as famílias que ganham menos (renda inferior a 30 mil dólares por ano), 56% são usuários, contra 78% das famílias de renda maior (mais de 75 mil dólares por ano).

Igualdade

Desde de 2009 as mulheres estão levemente à frente dos homens. No entanto, o estudo conclui que a diferença na quantidade de usuários é muito pequena e pode ser considerada insignificante. São 68% do público feminino para 62% do masculino.

O estudo “Social Media Usage: 2005-2015” (Uso de mídias sociais: 2005 – 2015) foi uma compilação de 27 pesquisas com 47.000 entrevistas entre adultos que usam a internet e 62 mil entrevistas entre adultos em geral.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s