A incrível história do rapaz que ganhou o Vale do Silício

Após ser preso por construir um relógio e mostra-lo na escola, Ahmed Mohamed, de 14 anos, conquistou grandes nomes do Vale do Silício

São Paulo – A história de um rapaz de 14 anos ganhou o mundo. Ahmed Mohamed foi preso nos Estados Unidos por dois motivos: é nerd e muçulmano.

Tudo começou quando o menino levou um relógio que construiu sozinho para sua escola, no Texas. Depois de mostrar o material para professores, o menino foi algemado e retirado da escola pela polícia.

A foto abaixo foi tirada pela irmã de Mohamed e compartilhada no Instagram. Na imagem é possível ver, pela expressão do garoto, que ele não está entendendo nada do que está acontecendo. Uma segunda evidência que Mohamed é um pequeno nerd está nessa foto: ele usa uma camiseta da Nasa.

O problema todo é que pessoas da escola acharam que o material construído por Mohamed era uma bomba. O pai dele disse, posteriormente, que isso só pode ter acontecido por causa da religião do garoto. Mohamed e sua família são muçulmanos. A polícia local negou que tenha reagido de forma diferente pela aparência e religião do menino.

“Eu construí o relógio para impressionar minha professora. Mostrei e ela disse que achou que fosse uma ameaça. Estou muito triste por ela ter pensado nisso”, disse Mohamed a jornalistas nos Estados Unidos.

“Ele é um garoto muito inteligente, um rapaz brilhante e pensou que poderia se mostrar para o mundo”, disse o pai do menino, Mohamed Elhassan Mohamed, que é nascido no Sudão.

A escola MacArthur High School basicamente culpou Mohamed pela infração. “Eu recomendo essa situação para que vocês conversem com seus filhos sobre o código de conduta dos estudantes e especificamente sobre a norma de trazer itens proibidos à escola”, escreveu o diretor da escola em uma nota para os pais.

Reação

A história de Ahmed Mohamed ganhou o Vale do Silício. Diversos grandes e pequenos nomes do mercado passaram a enviar mensagens a Mohamed. A hashtagh #IStandWithAhmed (“Eu apoio Ahmed”) ganhou a internet.

Cofundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg publicou um texto em seu perfil da rede social. “Ter a habilidade e a ambição de construir algo legal deve levar a aplausos, não à prisão. O futuro pertence a pessoas como Ahmed”, escreveu Zuckerberg, que ainda convidou o rapaz a visitar o Facebook.

You’ve probably seen the story about Ahmed, the 14 year old student in Texas who built a clock and was arrested when he…

Posted by Mark Zuckerberg on Wednesday, September 16, 2015

Marc Andreessen, cofundador do Netscape e influente investidor do Vale, publicou uma piada em seu Twitter. Uma bateria feita com batatas era comparada a duas granadas de mão.

O Google convidou o rapaz para visitar a feira de ciências organizada pela empresa, o fundador da startup Box chamou o rapaz para visitar a sede e Carl Bass, CEO da Autodesk, disse para que Ahmed continue criativo.

Mas talvez o convite mais importante tenha vindo de fora do Vale do Silício. A conta pessoal de Barack Obama publicou uma mensagem convidando Mohamed para ir até a Casa Branca.

“Relógio legal, Ahmed. Quer traze-lo até a Casa Branca? Nós deveríamos inspirar mais crianças como você a gostar de ciência. É isso que faz a América ser boa”, escreveu Obama.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s