Como usuários e muitos dados ajudaram na reforma do Moovit

Nova versão do app de mobilidade urbana Moovit chega hoje após um grande redesenhos que contou com análise de dados e feedback de usuários

São Paulo – Usuários do app de mobilidade urbana Moovit irão perceber, a partir de hoje, um novo visual. Ele é produto de um trabalho que envolveu profunda análise de dados e muita conversa entre a desenvolvedora e alguns dos 45 milhões de usuários do aplicativo ao redor do mundo.

A mudança principal é na organização das abas do Moovit. Elas refletem as aflições e necessidades dos usuários, contou a EXAME.com Yovav Meydad, vice-presidente de produto e marketing da Moovit. De acordo com pesquisas internas, são três os perfis de uso do aplicativo, que trabalha com 1.200 cidades.

O primeiro é quando o usuário precisa ir a um lugar que não sabe onde fica. O segundo é a necessidade de obter informações sobre uma linha de transporte—essa linha pode ser de ônibus, trem, metrô, ou outro modo de transporte. O último perfil é de saber o que existe ao redor.

Foi exatamente sobre essas questões que o Moovit centrou seu redesenho. O conteúdo agora fica organizado em novas abas. Essa mudança, convenhamos, era bastante necessária. A organização anterior não era das melhores, com abas com funções pouco claras. “A nova versão traz um ar mais sofisticado e moderno”, resume Meydad. De acordo com ele, a motivação principal para a nova versão era simplificar o uso para os usuários.

Ele conta que a empresa nunca confiou tanto no feedback dado por usuários quanto confiou enquanto desenvolvia a nova versão. A empresa criou quatro modelos diferentes, que foram disponibilizados para 5% dos usuários. A escolha do design final foi baseada também na análise de dados sobre o uso do app.

“As pessoas pararam de confiar na memória para chegar a outros lugares. Hoje, as cidades se sentem mais abertas a compartilhar seus dados conosco. Tudo isso está mudando a vida das pessoas. Está economizando tempo”, falou Meydad sobre o impacto da tecnologia na vida de cidadãos. Somente no Brasil, são 13 milhões de usuários em 100 cidades diferentes.

(EXAME.com)

O app

Na nova versão do aplicativo, usuários verão o conteúdo em três abas: direções, estações e linhas. A primeira é uma solução para encontrar a forma mais simples para ir de um ponto ao outro. Estações mostra o mapa com as opções de transporte público por perto (pontos de ônibus, estações de trem ou metrô, etc).

Por último, a aba linhas traz informações específicas sobre as linhas de transporte. É possível ver, por exemplo, todas as estações de uma linha de metrô e obter dados sobre o funcionamento dela.

A nova versão do Moovit ainda conta com recursos como alertas de chegada, localização de entradas e saídas de espaços públicos, horários, entre outros. O app é grátis e está disponível para AndroidiPhone/iPad e web. A nova versão começa a ser disponibilizada hoje.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s