Divisão mobile da Lenovo agora fará parte da Motorola

Motorola deverá manter as duas linhas separadas para brigar por diferentes mercados

A Lenovo anunciou, nesta quinta-feira (27), que sua divisão mobile foi absorvida pela Motorola, que possui mais funcionários e presença de mercado.

Um porta-voz da Lenovo explicou a situação, durante entrevista ao site NDTV Gadgets, informando que os funcionários da Lenovo também serão absorvidos pela Motorola e que, possivelmente, a linha de aparelhos da Lenovo manterá seu nome, já que possui boa presença em mercados asiáticos. Leia a declaração completa da empresa:

“Com mercados difíceis e resultados que não atenderam a expectativas, a Lenovo está tomando decisões decisivas para realinhar seus negócios, cortar gastos e voltar a um crescimento rentável e sustentável. Especificamente, a Lenovo está reestruturando seu Grupo de Negócios Mobile (MBG) para alinhar o desenvolvimento de smartphones, produção e manufatura, além de melhor potencializar as forças complementares da Lenovo e Motorola, para rapidamente aumentar o crescimento. Para criar um modelo de negócios mais rápido e eficiente e melhor aproveitar a nossa força de vendas global da Lenovo, acelerando o trabalho que já temos começado, para maximizar a eficiência de nossa supply chain global.

A nova organização da Lenovo elimina a duplicação e nos posiciona para competirmos como um player mais forte no mercado de smartphones. A MBG continuará a gerir os negócios mobile da Lenovo, mas contará com a Motorola para desenhar, desenvolve e manufaturar smartphones. A partir de agora, Rick Osterloh, ex-presidente da Motorola, será o lider da unidade combinada e global de smartphones, que ficará sob as entidades legais da Motorola. Osterloh continuará a responder para Chen Xudong, presidente da MBG.”

A Lenovo também financiava uma marca independente chamada ZUK, que lançou seu primeiro smartphone rodando Cyanogen OS, uma personalização de interface que deixa o Android bem diferente do que o que existe no Brasil. De acordo com o porta-voz da Lenovo, a marca “certamente continuará como está no futuro, pois é independente da Lenovo. Os smartphones da Lenovo deverão continuar a serem vendidos nos mercados asiáticos, onde possuem maior força de mercado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s