Espermatozoides in vitro podem revolucionar tratamento de infertilidade

Foram necessários 20 anos de pesquisa para chegar às condições de cultivo adequadas

Cientistas franceses conseguiram criar espermatozoides in vitro a partir de células-tronco testiculares – feito inédito que pode revolucionar no longo prazo o tratamento da infertilidade masculina.

A empresa de biotecnologia Kallistem, com sede em Lyon (leste da França), anunciou a descoberta em maio passado, mas somente nesta quinta-feira forneceu detalhes sobre a pesquisa, desta vez com o aval do Centro Nacional francês de Investigações Científicas (CNRS).

Desde então, o projeto avançou, os pesquisadores registraram patentes e apresentaram a publicação de seus trabalhos a uma revista científica.

Concretamente, conseguiram criar in vitro espermatozoides de rato, de macacos e de homens.

Para obter este resultado, foram necessários 20 anos de pesquisa para chegar às condições de cultivo em que se pudessem transformar espermatogônias (células-tronco testiculares) em espermatozoides.

A técnica poderia resolver “entre 30 e 50%” dos problemas de infertilidade masculina, afirmou Philippe Durand, pesquisador responsável pelo projeto. Mas ainda serão necessários alguns anos até que o tratamento esteja disponível, dado que os testes clínicos só começarão dentro de três a cinco anos.

A equipe testará inicialmente a qualidade destes espermatozoides criados in vitro com ratos, para avaliar se os filhotes nascidos deles “são normais ou não e se são capazes de se reproduzir”, explicou Durand.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s