Facebook cria robôs para melhorar atendimento ao cliente

Rede social quer agilizar a forma como falamos com empresas – e evitar o uso do telefone

São Paulo – Se você não gosta de ligar para um empresa e esperar para falar com um atendente, o Facebook esteve pensando em você. A rede social apresentou hoje na conferência F8 o resultado dos seus esforços no campo da inteligência artificial: uma plataforma de bots, que podem realizar atendimento ao cliente de maneira automática. 

A ideia é a seguinte: se você tem um problema ou quer comprar um produto em uma loja online, você envia uma mensagem para a marca no Messenger, o app de mensagens do Facebook, e recebe respostas em tempo real. 

“As pessoas amam interagir com negócios no Messenger. 1 bilhão de mensagens para empresas são enviadas pelos usuários do Facebook por mês”, afirmou David Marcus, vice-presidente do Facebook para o Messenger. 

Como a F8 é uma conferência para desenvolvedores, os usuários da rede social ainda devem aguardar alguns meses para ver o que será criado com as ferramentas de criação oferecidas pelo Facebook hoje. 

O CEO Mark Zuckerberg mostrou bots da CNN e da empresa de entrega de flores 1-800-FLOWERS. Enquanto a primeira entregava as informações solicitadas pelo usuário em tempo real sobre um determinado assunto, a segunda permitia a compra de flores online. “Você nunca mais vai precisar ligar para o 1-800-FLOWERS de novo”, disse Zuckerberg.   

Reprodução/EXAME.com

Bots: assistentes virtuais automáticos irão atender clientes no Messenger ()

Os desenvolvedores poderão também utilizar o código do assistente virtual do Facebook, chamado M. Segundo a empresa, isso permitirá a criação de bots mais complexos.  

O Facebook não é a primeira empresa a lançar um bot para apps de mensagens. O Telegram e o Kik contam com suas próprias lojas de bots. O Slack também conta com um fundo de 80 milhões de dólares para a criação desses assistentes virtuais. 

No entanto, nenhum desses apps têm uma base de usuário ativos tão grande quanto a do Messenger, que é de 900 milhões de pessoas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s