Galaxy S7 edge é o melhor smartphone à venda hoje

logo-infolab

São Paulo — O Galaxy S7 edge é um aparelho com sistema Android Marshmallow que reúne as melhores características que você pode encontrar em um smartphone hoje. Os investimentos em pesquisa e desenvolvimento da sul-coreana Samsung (US$ 13,12 bilhões no mundo em 2015) permitiram a criação de um produto que é bom não só pelo design ou pela potência, mas pelo conjunto da obra.

 Design

O visual do Galaxy S7 edge não é muito diferente do que já vimos no S6 edge. A principal melhoria foi nas laterais, que agora são mais arredondadas para melhorar a ergonomia do produto. As curvas nas bordas ainda são qualidades únicas da Samsung e símbolo do visual dos melhores smartphones da empresa.

Porém, os nuances das cores do produto mudaram. O S7 tem versões preta, dourada e prata (que é praticamente espelhada). 

A ergonomia do Galaxy S7 ainda tem espaço para melhorar. A palma da mão do usuário pode esbarrar nas bordas curvas, ocasionando alguns equívocos na hora de teclar. Mas isso é exceção e não regra. O mesmo vale para quando vamos tirar selfies. No momento de segurar o smartphone, o dedo toca em um ponto da tela e, quando o botão digital de captura é acionado, em vez de registrar a foto, o zoom é ativado, pois estamos com dois dedos no display. Mais uma vez, isso não acontece sempre, só é válido o alerta. A melhor solução para isso é usar o timer para selfies, o que também ajuda a garantir que a imagem não saia tremida.

Por outro lado, a Samsung venceu importantes desafios de design. O primeiro deles foi colocar o suporte para cartões microSD em um produto fino como o Galaxy S7 edge. Esse era um dos pedidos dos consumidores na geração passada, de acordo com a Samsung. O segundo foi tornar um aparelho revestido com o vidro Gorilla Glass 4 (tanto na frente quanto atrás) resistente à água e à poeira. 

O S7 edge pode ser mergulhado a 1 metro de profundidade, em água doce, ao longo de 30 minutos, no máximo, conforme a certificação IP68. Isso permite fazer algumas coisas mais ousadas com o smartphone, como usá-lo com as mãos molhadas logo depois de lavar a louça, por exemplo. Devido à corrosão, não é uma boa ideia levar o produto ao mar, tanto é que a Samsung criou uma prancha especial para que o surfista Gabriel Medina pudesse usar o S7 no mar.

Tela

A tela do Galaxy S7 edge tem qualidade excepcional. Como de praxe, a calibragem usada pela Samsung deixa as cores saturadas, mas isso pode ser ajustado via software para melhorar a experiência de uso dos mais exigentes. A resolução é a altíssima Quad HD, que está entre o Full HD e o 4K. 

“Para que tanta definição de imagem em uma tela tão pequena?”, você pode se perguntar. A resposta é que o aparelho é compatível com o Gear VR, os óculos de realidade virtual da fabricante, vendidos a 800 reais. Como o smartphone é levado bem perto dos olhos do usuário, é preciso que a resolução seja bem alta para que ele não enxergue os pixels, o que deixaria a experiência ruim. Por isso, o S7 edge está pronto para a realidade virtual, ao mesmo tempo que permite que você veja vídeos com bastante qualidade de imagem. 

“O benefício do edge é muito mais estético. Ele chama a atenção.”

O fator edge adiciona alguns recursos ao sistema Android. O mais útil no dia a dia é um menu personalizável que pode ser acionado em qualquer ponto do sistema. Para isso, basta deslizar o dedo da direita para a esquerda na tela. Ali, você pode colocar atalhos para os aplicativos que mais usa, como, por exemplo, o S-Planner, a agenda do Android da Samsung. Também dá para ler manchetes de notícias do Flipboard por ali mesmo. 

Contatos também podem ser adicionados nesse menu rápido do smartphone. Com isso, dá para ligar para as pessoas mais importantes da sua vida rapidamente, sem ter que consultar a agenda de contatos.

Mas o benefício do edge é muito mais estético. Ele chama a atenção. Quando alguém vê aquela tela curvada nas duas laterais, já sabe que se trata de um Samsung topo de linha, o que é interessante tanto para a marca quanto para o usuário que é uma pessoa ligada em tecnologia e inovação. 

Câmeras

Hoje, se há um smartphone que se destaca pela qualidade das câmeras, ele é o Galaxy S7 edge. Versáteis, elas se adaptam a diversos tipos de cenários automaticamente. Não é preciso que o usuário conheça técnicas de fotografia para capturar ótimas imagens. 

A abertura de f/1.7 permite que bastante luz seja captada pelo sensor, o que ajuda a fotografar em ambientes com iluminação artificial, por exemplo. 

O tamanho das fotos diminuiu do S6 para o S7. Em vez de 16 MP, agora são apenas 12 MP. No entanto, os dois produtos registram imagens excelentes, mas o S7 edge pode registrar a cena com maior riqueza de detalhes, provando que o tamanho da foto é irrelevante quando o assunto é qualidade.

Isso acontece devido à tecnologia chamada dual-pixel. Quando uma câmera de smartphone comum registra uma foto, cada pixel conta com um fotodiodo, o elemento responsável pela captura da luz. No S7 edge, assim como no S7 com tela plana, são dois fotodiodos para cada pixel, permitindo a melhor captação da iluminação de uma cena, garantindo fotos mais nítidas, mesmo em ambientes escuros. Outra vantagem disso é o autofoco mais veloz e preciso da câmera.

Foto por: Divulgação/Samsung

Imagens valem mais do que palavras quando o assunto é fotografia. Confira cenas capturadas com o smartphone da Samsung a seguir.

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Há diversos modos de foto e vídeo. Você pode registrar imagens em câmera lenta a 240 quadros por segundo. A cena toda é registrada dessa maneira para que você possa escolher manualmente o momento que quer deixar mais devagar, sem que haja perda de qualidade. O recurso funciona muito bem e, nessas horas, o suporte ao cartão microSD vem a calhar. Os vídeos nesse formato de captura geram arquivos grandes. 

Há também o modo Pro, que dá ao usuário a possibilidade de fazer ajustes manuais de foto quase como em uma câmera DSLR. Dá até mesmo para controlar a velocidade de captura do obturador. Essa característica deve agradar os entusiastas da arte da fotografia e estimular o aprendizado de iniciantes. 

“Hoje, se há um smartphone que se destaca pela qualidade das câmeras, ele é o Galaxy S7 edge.”

Um recurso bem legal que o S7 edge tem na sua câmera é um modo de captura de objetos próximos. Ele fica no modo Pro e é ativado quando você seleciona o ícone da flor no menu de foco manual. Com essa opção ativa, aproxime bastante o smartphone do objeto fotografado para que você possa criar o efeito chamado Depth of Field, que coloca o personagem da foto em primeiro plano e desfoca o fundo da cena. 

Foto por: INFOlab

A câmera frontal tem 5 MP e, assim como a principal, conta com o modo de embelezamento de rostos. Ele elimina imperfeições da pele do usuário. O legal é que isso acontece automaticamente e tem níveis de intensidade facilmente ajustáveis. 

Configuração

O Galaxy S7 edge é um produto construído de fora para dentro, primando pelo design. 

No entanto, a potência não foi esquecida pela Samsung nesse aparelho, que é o mais potente e importante para a marca durante o primeiro semestre de 2016. 

“O Galaxy S7 edge é um produto construído de fora para dentro, primando pelo design.”

O processador Exynos 8890, da própria Samsung, é o que vem no S7 edge vendido no Brasil. Além disso, são 4 GB de memória RAM, 32 GB de armazenamento interno e a GPU Mali-T880 MP12, que dá conta dos games.

O smartphone nos surpreendeu ao não esquentar como o Galaxy S6 durante a execução de jogos com processamento gráfico pesado, como é o caso do “Injustice: Gods Among Us”. 

Outra surpresa foi ver o quanto o S7 edge se saiu bem nos benchmarks, os aplicativos que avaliam o desempenho de smartphones. Eles realizam simulações que exigem muito dos produtos e dão notas de performance. 

Confira como ele se saiu em comparação com dois concorrentes que usam processador Snapdragon 810 e têm 3 GB de RAM.

AnTuTu (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Galaxy S7 edge 129618
Xperia Z5 Premium 73159
Moto X Force 75272
Basemark OS II (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Galaxy S7 edge 2551
Xperia Z5 Premium 1299
Moto X Force 1161
Vellamo (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Galaxy S7 edge 5201
Xperia Z5 Premium 3835
Moto X Force 3817
Geekbench (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Galaxy S7 edge 6415
Xperia Z5 Premium 3639
Moto X Force 2289

Um último ponto ainda sobre as configurações do S7 edge é que os sensores de digitais e de batimentos cardíacos ainda estão lá. O primeiro é muito útil para desbloquear rapidamente o display, enquanto o segundo é interessante para quem pratica exercícios ou precisa estar de olho no ritmo do coração. 

Bateria

A bateria do Galaxy S7 edge apresentou uma grande melhora em relação à geração passada. No teste de uso intenso do INFOlab, o gadget suportou 13 horas e 46 minutos de reprodução de vídeos em HD, com Wi-Fi e Bluetooth ativos. Ano passado, o S6 edge marcou menos de 10 horas na mesma avaliação.

O que se mostrou melhor foi a maneira como o smartphone gerencia o gasto energético quando está em repouso.

No dia a dia, o que se mostrou melhor, além da duração em si da carga, foi a maneira como o smartphone gerencia o gasto energético quando está em repouso. Mesmo com a tela ligada o tempo todo para mostrar o horário, ele consumiu menos energia do que um S6 de tela plana. Isso é muito importante para quem passa muito tempo fora de casa, seja heavy user ou não. 

Por fim, há também o recurso de recarga rápida, que permite ao smartphone da Samsung ir de zero a 100% de carga na bateria em cerca de 1h30 na tomada. 

Sistema

Em termos de sistema operacional, as mudanças foram pouco relevantes, é a típica Touchwiz cheia de recursos a serem explorados e com poucos apps pré-instalados que já vimos nos demais modelos topo de linha da empresa. No entanto, não podemos deixar de mencionar a novidade mais chamativa do S7 edge: a tela sempre ativa. 

Esse recurso é uma combinação da tela Super Amoled com um ajuste de software bem implementado pela Samsung. 

Ter o horário sempre na tela, sem que haja um impacto negativo na bateria do smartphone, é aquele típico recurso que demonstra que os consumidores não sabem o que querem até que alguém mostre a eles.

O recurso funciona de forma diferente da Moto Tela, dos produtos da linha Lenovo Moto. Isso porque o S7 não mostra notificações de apps nessa tela ativa, somente as que vêm do telefone, ou seja, ligações e mensagens de texto.

“O horário sempre na tela é um recurso que demonstra que consumidores não sabem o que querem até que alguém mostre a eles.”

Se vale fazer uma ressalva sobre a tela ativa do S7 é que o horário poderia aparecer sempre no mesmo ponto da tela, em vez de ficar se movimentando de tempos em tempos. Isso pode tirar o foco do usuário durante o trabalho, por exemplo. Quem se distrair com isso tem duas opções: virar a tela do celular para baixo ou desativar a tela ativa no menu de notificações. 

Vale a pena?

Deixando de lado o alto custo do produto no seu lançamento (4.299 reais), sim, o aparelho vale a pena. Se ao lançar a linha Galaxy S a Samsung buscava criar um astro próprio para ofuscar os concorrentes, ela conseguiu isso com o Galaxy S7 edge. Esse produto não é só o melhor celular premium da Samsung, é a melhor opção de smartphone com sistema Android à venda hoje.

Ficha técnica

Sistema operacional Android Marshmallow
Chipset Exynos 8890
CPU Quad-core 2.3 GHz Mongoose e quad-core 1.6 GHz Cortex-A53
GPU Mali-T880 MP12
RAM 4 GB
Armazenamento 32 GB + microSD de até 200 GB
Conexões 4G, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, dual-band, Wi-Fi Direct, DLNA, hotspot, Bluetooth 4.2, NFC
Tela 5,5 (1440 x 2560 pixels)
Peso 167 g
Bateria 3.600 mAh
Câmeras 12 MP e 5 MP

Avaliação técnica

Prós Boa duração de bateria, câmeras excepcionais, ótima tela, potência de sobra.
Contras Não é dual-chip, ergonomia ainda pode melhorar.
Conclusão Melhor smartphone Android à venda hoje.
Configuração 9.0
Usabilidade 8.7
Foto 10
Bateria 9.2
Design 8.7
Média 9.2
Preço R$ 4.299

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s