Péssima qualidade do ar faz “Chá de oxigênio” virar hit na Mongólia

Os habitantes da capital Ulaanbaatar, já podem tomar alguns goles de saúde neste drinque inusitado

drinks

 (Divulgação/Reprodução)

Os residentes de Ulaanbaatar, capital da Mongólia, aderiram a uma nova tendência que está sendo chamada de “chá de oxigênio” ou “chá para os pulmões”.

Estes curiosos coquetéis são nada maisdo que qualquer líquido (seja ele chá, suco ou leite) infundido com oxigênio.

Segundo uma das lojas de departamento do estado, consumir a bebida seria o equivalente a andar em uma floresta por duas ou três horas.

arvores

 (Pixabay/Reprodução)

Elas se tornaram populares por supostamente trazerem um certo alívio do ar extremamente poluído que assombra a cidade do Leste da Ásia.

Em janeiro de 2018, Ulaanbaatar substituiu New Delhi e Beijing como a capital mais poluída do mundo, com níveis de impureza no ar 133 vezes maiores que o limite considerado seguro pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

poluição

 (AFP/Reprodução)

Esse níveis tendem a alcançar seus picos no inverno, quando muitos mongols queimam carvão para se manterem aquecidos.

Coincidentemente ou não, também é nessa estação que as vendas dos “chás de oxigênio” aumentam entre 20 e 30 porcento.

life is air

 (AFP/Reprodução)

Nos mercados da região é possível encontrar latas de oxigênio para que você mesmo possa infundir em sua bebida por aproximadamente R$7,50.

Outros estabelecimentos possuem máquinas que criam uma “espuma de oxigênio” no líquido escolhido e oferecem os serviços das mesmas pelo equivalente a R$3,80.

oxigenio machine

 (Divulgação/Reprodução)

Apesar desses coquetéis serem usados durante tratamentos respiratórios em algumas instituições médicas Russas, não há nenhuma comprovação de que rendam algum benefício para a saúde.

Segundo Maira Neira, presidente do departamento de saúde pública da OMS, a única solução para protegermos nossos pulmões e sistema cardiovascular é pararmos de poluir o ar e evitarmos exposição a altos níveis de poluição.

bebidas

 (Divulgação/Reprodução)

Veja também
Newsletter Conteúdo exclusivo para você

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s