Site mapeia casas que foram palco de assassinatos no passado

Site americano DiedInHouse permite checar se alguém já morreu no imóvel pesquisado e qual foi a causa da morte

São Paulo – Potencial de valorização da região, proximidade com o trabalho, custos e segurança são alguns critérios usados para avaliar se você deve ou não comprar um imóvel. Mas, os americanos já podem adicionar um item à essa lista: a probabilidade de a casa dos seus sonhos ser mal-assombrada.

A possibilidade foi aberta pelo site DiedInHouse, que mostra se alguma pessoa já foi assassinada no imóvel buscado antes que o comprador feche seu negócio.

Além de mostrar se aquele imóvel já presenciou alguma morte, o site promete dizer: o nome da pessoa que morreu naquele lugar, como a morte aconteceu, quando e qual foi a sua causa.

Ele também diz se a casa passou por algum incêndio, se abrigava algum tipo de atividade química e fornece ainda uma lista de nomes associados ao endereço.

De acordo com a Bloomberg, a base de dados do site já inclui informações de mais de 4,5 milhões de imóveis e já foram realizadas mais de 30 mil buscas, sendo que o valor mínimo de cada consulta é de 11,99 dólares.

As informações são retiradas de obituários, notícias veiculadas na mídia, e outras fontes que o site prefere não revelar.

Lançado em 2013, o DiedInHouse já possui dados sobre imóveis localizados nos 50 estados americanos e afirma que está trabalhando para expandir o serviço para outros países.

Investimento rentável

De acordo com a empresa, comprar uma casa mal-assombrada pode ser um ótimo investimento.

O site conta, por exemplo, que em 2005 o famoso jogador de futebol americano Junior Seau comprou uma mansão na cidade de Oceanside, na Califórnia, por 3,2 milhões de dólares. Em 2012, o jogador se matou com um tiro e alguns acreditam que ele tenha feito o disparo justamente contra o peito para permitir que fossem realizadas pesquisas no seu cérebro.

Depois de algum tempo, descobriu-se que o jogador tinha sinais de Encefalopatia Traumática Crônica (ETC), doença que causa depressão e tem características e sintomas parecidos com o Mal de Alzheimer. A ETC era conhecida como Demência Pugilística, porque acreditava-se que atingia apenas boxeadores, mas hoje já foram relatados diversos casos de ETC relacionados a atletas de futebol americano.

Dois meses após a tragédia, a casa de Junior Seau foi vendida por 1,975 milhão de dólares, valor 38,28% inferior ao pago inicialmente pelo jogador. Três anos depois, ela foi vendida novamente, por um valor 2,256 milhões de dólares, uma valorização de 14,25%.

O site possui uma aba que mostra esse e outros casos de imóveis que tiveram reduções de 10% a 15% em seus preços depois de se tornarem palcos de crimes e mortes dramáticas.

Na maioria dos relatos, o site afirma que depois de comprarem o imóvel com desconto, os proprietários conseguem vendê-lo por valores superiores, obtendo lucros razoáveis. Em um dos casos, o site conta que o comprador de uma casa, que foi cena de um assassinato e um suicídio, conseguiu revendê-la após sete meses por um valor 35% maior.

Ar-condicionado

Em entrevista à Bloomberg, o fundador do site, Roy Condrey, disse que a ideia do DeadInHouse surgiu depois que ele precisou trocar o ar-condicionado de uma de suas propriedades e seu inquilino disse que achava que o lugar era mal-assombrado.

Por curiosidade, ele resolveu pesquisar se alguém já tinha morrido na casa, mas se deparou apenas com páginas e página do Google com a seguinte pergunta: “como saber se minha casa é mal-assombrada”.

Desde então, o site tem feito sucesso com a estratégia de responder se a casa buscada pode ou não ser dividida com alguns fantasmas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s