Skype agora pode fazer transmissões para 10 mil pessoas

Espectadores podem acessar a transmissão com um link, que pode ser aberto em qualquer navegador de internet

São Paulo – A Microsoft anuncia, nesta segunda-feira (30), uma série de mudanças para o seu pacote de produtividade para empresas, o Office 365. 

Uma das mudanças mais significativas é no Skype, que agora pode realizar transmissões para até 10 mil pessoas. 

O novo recurso é chamado pela Microsoft de Broadcast. Somente quem transmite precisa ter uma conta do Office 365. Para acompanhar um vídeo feito pelo Skype for Business, é necessário apenas um link, que pode ser aberto em qualquer navegador de internet, não importa em qual plataforma você esteja, disse Alessandro Belgamo, diretor do grupo de negócios da divisão Office, em conversa com EXAME.com.

Belgamo também conta que o Skype PABX, que já existe atualmente, passa a funcionar sem a necessidade de ter servidores dentro das empresas contratantes. Agora, essa infraestrutura fica na nuvem.

“Estamos buscando ferramentas que ajudam a reinventar a produtividade”, afirmou Belgamo.

Mais recursos

Para cumprir essa missão, o executivo conta que a Microsoft se apoia em três fundamentos: tornar o ambiente virtual propício para a colaboração, personalização e segurança com foco no usuário.

Com isso, a Microsoft apresenta hoje também mais alguns recursos para a sua solução de produtividade para empresas. Confira cada um deles a seguir.

Advanced Threat Protection (ATP) – Este é um recurso de segurança que tem uma lista pré-determinada de ameaças para empresas. Integrada ao Exchange Online, essa nova funcão bloqueia e-mails suspeitos para evitar que a companhia seja afetada por algum tipo de vírus ou botnet. Os links, assim como os anexos dos e-mails são “interpretados” pelo ATP para que ele possa oferecer um diagnóstico do conteúdo de uma mensagem. “O e-mail ainda é a porta de entrada do vírus nas organizações”, declarou Belgamo.

Office 365 Advance eDiscovery – Essa ferramenta já existe hoje, mas agora ela é capaz de fazer pesquisas em diversas áreas, como o Sharepoint, o Skype for Business e o Outlook. Ao pesquisar dados referentes a um projeto chamado Alpha, por exemplo, o administrador consegue ver todos os documentos relacionados a ele. As informações são exibidas livres de redundâncias e com dados sobre uso, sendo possível até mesmo oferecer meios para ajudar a descobrir quem vazou um determinado documento.

Customer Lockbox – O cliente agora passará a ser parte do processo de trabalho relacionado a eventuais patches de datacenter que precisam de intervenção humana. Será possível determinar a hora que isso acontecerá e todos os processos contarão com logs, que podem ser consultados, caso a equipe de TI da empresa contratante deseje.

Delve Org Analytics – Esse é um recurso de produtividade, que, segundo Belgamo, ajuda os usuários a se organizarem na colaboração online. É possível realizar tarefas como consultar documentos recentes ou documentos compartilhados com determinadas pessoas, estabelecer metas de tempo para atividades, como determinar a meta de passar 10 horas em reuniões durante a semana, e visualizar uma linha do tempo que mostra se você está mesmo sendo produtivo e quantas horas extras tem feito. Esse recurso, entretanto, ainda não está disponível no Brasil, mas chegará “em breve”.

Nas próximas semanas, a Microsoft também trará ao mercado nacional uma ferramenta de análise de dados chamada Power BI Pro. Essa é mais uma função que a empresa lança para ajudar equipes de trabalho a se tornarem mais produtivas. “Os humanos criam mais dados que somos capazes de consumir. Ferramentas de produtividade ajudam nessa tarefa”, afirmou Belgamo. 

Todos os recursos, exceto os dois últimos mencionados, estarão disponíveis para a contratação a partir de amanhã. Eles são opcionais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s