Teste: fomos à Córsega explorar o novo Jaguar E-Pace

A ideia da montadora é usar o SUV compacto de luxo para trazer clientes novos — em todos os sentidos

Jaguar E-Pace

 (Jaguar/)

Córsega é famosa por ser a terra de Napoleão Bonaparte, mas isso não deixa de ser uma injustiça.

A ilha de cerca de 8,7 mil quilômetros quadrados, um pouco menor que Porto Rico, tem bem mais a oferecer do que apenas a naturalidade do imperador: é um destino paradisíaco, com lindas cidadelas medievais — uma delas, Bonifácio, instalada sobre uma falésia 70 metros acima do Mediterrâneo.

Mas não foi apenas pela fotogenia que a Córsega foi escolhida pela Jaguar como cenário de testes de seu novo SUV compacto, o E-Pace, no mês passado.

Chamada, entre outros apelidos que recebeu ao longo dos séculos, de Montanha no Meio do Mar, a ilha, com sua geografia vertical e suas estradas cheias de curvas, era o local perfeito para o que a marca inglesa pretendia: colocar todas as funcionalidades de seu lançamento à prova, da tração inteligente ao torque e potência do motor 2.0 Ingenium de 300 cavalos (há ainda uma versão de 249 cavalos), passando pela estabilidade do carro e, claro, pela esportividade que se espera de um Jaguar.

Jaguar E-Pace

 (Jaguar/Divulgação)

Minha rápida road trip corsa de menos de 350 quilômetros começou já no Aeroporto de Figari, no sul da ilha, onde fui apresentada ao E-Pace.

Impossível não simpatizar de cara. Menor do que o F-Pace, primeiro SUV da Jaguar, lançado em 2016, ele inaugura a entrada da marca no segmento de compactos.

Seu design é uma mescla das linhas do irmão mais velho com as do superesportivo F-Type — o DNA esportivo pode ser notado especialmente na grade frontal e nas linhas do teto e das janelas.

Há dez opções de cores, e eu saí do aeroporto em uma chamada azul caesium, a minha preferida ao lado do vermelho firenze.

A versão mais barata de pronta-entrega do E-Pace sai por R$ 222,3 mil (ou a partir de R$ 195,4 mil sob encomenda).

E a Jaguar acredita que o SUV vai transformar-se no modelo mais vendido aqui no Brasil — o lançamento está previsto para o começo deste mês.

A montadora estima que 80% dos novos compradores nunca adquiriram um Jaguar antes.

Hoje, o F-Pace ocupa a posição de carro mais vendido da marca no país (e no mundo), com a diferença de que a versão mais, digamos, em conta dele custa R$ 322,5 mil.

O E-Pace é primo do Evoque e do Discovery, ambos da Land Rover. Com o primeiro, ele compartilha a plataforma. Com o segundo, o subchassis.

O utilitário tem 4,39 metros de comprimento por 2,68 metros de entre-eixos.

Por dentro, chama atenção a tecnologia InControl, no painel.

A tela touchscreen funciona como a de um celular: você pode arrastá-la com o dedo e fazer gesto de pinçar para acessar mapas, sistema de som, internet, telefone etc.

Jaguar E-Pace

Os primeiros quilômetros de pilotagem foram em estradas próximas ao mar, sentido sudoeste. Depois subimos para o almoço no hotel Domaine de Murtoli, passando por paisagens de montanhas rochosas, vales e florestas.

Estávamos com a versão mais cara e potente do E-Pace, de 300 cilindradas.

O carro vai de 0 a 100 km/h em menos de 7 segundos, foi o que me informaram.

Mas não fui maluca de testar isso no primeiro dia. As ótimas e excitantes estradas corsas servem, desde 1956, como palco de ralis.

Jaguar E-Pace

 (Jaguar/Divulgação)

O circuito é chamado de Tour de Corse e, inicialmente, era realizado na ilha toda (hoje, passa por um trecho apenas). Graças às centenas de curvas e cotovelos delas, o evento ganhou a alcunha de “rali das 10 mil curvas”.

Foi por parte da antiga rota da corrida que nós dirigimos logo depois do almoço – e aí está o motivo da pilotagem cautelosa.

O câmbio automático do E-Pace tem nove marchas e a troca é quase imperceptível.

Alterei algumas vezes para o modo manual pelas sinuosas vias, para sentir mais as curvas. Um pouco antes de chegarmos ao belíssimo Hotel Casadelmar, na cidade de Porto Vecchio (construída em 1539 ao lado do mais longevo porto da ilha), passamos por um trajeto off-road, com terra, areia, pedras e lama – e uma baita ladeira, que o carro tirou de letra.

A ideia da montadora era que testássemos a tração integral, que controla, de forma inteligente, a distribuição do torque entre os eixos da frente e de trás.

O sistema Active Driveline otimiza essa tecnologia: aciona, automaticamente e em apenas 300 milissegundos, a tração nas quatro rodas sempre que as condições exigirem isso.

Jaguar E-Pace

No dia seguinte, rumo às montanhas de Zonza, placas mostravam que as rodas dos carros deveriam estar acorrentadas, porque havia o risco de gelo e neve na pista.

Não estávamos — mas o E-Pace, embora tenha dado uma leve escorregada numa curva, rapidamente se reequilibrou e segurou bem.

Descobri mais tarde que o responsável é o sistema All Surface Progress Control, que funciona como um piloto de baixa velocidade e ajuda a lidar com situações de baixa tração.

Pausa para um almoço no sul da ilha, na belíssima cidade de Bonifácio (aquela que fica no precipício sobre o Mediterrâneo), até o fim do tour, novamente no Aeroporto de Figari.

Ok, você pode não conseguir pilotar seu primeiro Jaguar pelas estonteantes estradas corsas como eu. Mas certamente vai encontrar um lugar mais atraente do que o trânsito sem graça de São Paulo.

Ficha técnica

■ Nome: Jaguar E-Pace
■ Motor: 2.0 – Ingenium
■ Potência: 300 cavalos
■ O a 100 km/h em 7 segundos
■ Máxima: 230 km/h
■ Preço: a partir de R$ 222,3 mil

Veja também
Newsletter Conteúdo exclusivo para você

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s