Vídeo mostra como a tecnologia pode ser infernal no futuro

Filme conceitual de seis minutos mostra como a realidade aumentada pode misturar o mundo virtual e físico de forma perturbadora no futuro. Confira

São Paulo – Um novo filme, de aproximadamente seis minutos, dirigido pelo designer e cineasta Keiichi Matsuda, revela de forma chocante como a tecnologia pode se transformar em algo extremamente caótico e perturbador no futuro.

O vídeo conceitual, chamado Hyper-Reality (ou Hiper-Realidade, em tradução livre), traz uma “visão caleidoscópica e provocativa do futuro, na qual as realidades física e virtual se misturam e a cidade fica saturada de mídias”, conforme explica o site de divulgação do filme.

A produção apresenta uma perspectiva futurística da realidade aumentada, tecnologia que tem o objetivo de mesclar o mundo real e o virtual e pode ser experimentada por meio de dispositivos como o Google Glass.

A ideia é que ao vestir esses tipos de óculos o usuário enxergue um ambiente simulado, com diversas possibilidades de interação e tenha uma interpretação totalmente diferente da que ele teria sem as lentes. 

Sob o ponto de vista da realidade aumentada, o filme de Matsuda faz uma crítica sobre os avanços tecnológicos, mostrando como eles podem se transformar em uma verdadeira tirania para seus consumidores, com todos seus anúncios, efeitos visuais e excesso de informações.

Confira a seguir o vídeo:

O projeto foi pago por meio de uma campanha bem-sucedida no Kickstarter, plataforma de financiamento coletivo.

Esse é o trabalho mais recende de Keiichi Matsuda, que já realizou antes outras produções reconhecidas internacionalmente, sempre com foco nas implicações das novas tecnologias sobre as percepções humanas.

Para elaborar suas instalações, vídeos e objetos de design, Matsuda criou um estúdio multidisciplinar que investiga os limites de dissolução entre o mundo virtual e físico e utiliza conceitos da arquitetura, tecnologia e mídias interativas para propor novos olhares sobre as cidades.

Seus trabalhos já foram expostos em museus consagrados, como o Victoria & Albert Museum de Londres, o Instituto de Arte de Chicago, o MoMA de Nova York, além da Xangai Expo, feira realizada anualmente em Xangai que é conhecida mundialmente. Além disso, o cineasta já ganhou vários prêmios de design, desenho, inovação e cinema.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s